Destaques do AWS Re:Invent 2020 - palestra de infraestrutura com Peter DeSantis

By Kris Kruger -

AWS Infrastructure Keynote

 

Com explanações abordando a redundância nos centros de dados, o novo processador AWS Graviton 2 e o compromisso da AWS com a energia renovável, a palestra de infraestrutura do AWS re:Invent teve de tudo. Apresentada por Peter DeSantis, vice-presidente sênior de infraestrutura global e suporte ao cliente da AWS, a palestra proporcionou uma análise detalhada de como a AWS está se colocando na vanguarda com seus serviços de infraestrutura.

 

Como a AWS cria redundância em seus centros de dados

Para começar, vejamos como a AWS cria resiliência em suas zonas de disponibilidade.  A maioria já está familiarizada com o layout elétrico típico de um data center — no qual a energia da rede pública e de um ou mais geradores reservas ligados a um quadro de comutação é direcionada para uma fonte de alimentação ininterrupta (UPS) dotada de baterias de backup. Esse esquema fornece energia para o hardware que executa as cargas de trabalho críticas, a fim de atender à demanda dos clientes. Mas a AWS vai além, reduzindo de várias maneiras as potenciais paralisações.

Primeiro, a AWS desenvolveu um software para o sistema de controle do quadro de comutação e o implantou nas zonas de disponibilidade. O software foi reduzido ao mínimo necessário para garantir que o processo de comutação ocorra com perfeição. Isso também uniformiza os sistemas do quadro de comutação em todas as zonas de disponibilidade para facilitar a operação.

A segunda coisa a observar é como a AWS reduz as limitações dos UPSs adicionando duas linhas de alimentação independentes até os racks, cada uma com seus próprios geradores, utilitários, comutadores e UPSs. Além disso tudo, a AWS também desenvolveu pequenos UPSs personalizados compostos de baterias e fontes de alimentação, colocados diretamente em cada rack. De forma semelhante ao software do quadro de comutação, o UPS personalizado instalado no rack permite que a AWS corrija falhas rapidamente e sem interrupções para o cliente.

 

Análise aprofundada do Graviton 2

Outra minuciosa explicação dada por Peter foi sobre o processador AWS Graviton 2, feito especificamente para executar aplicativos em escala. A maioria dos processadores convencionais usa multithreading simultâneo (SMT) para melhorar a eficiência geral das CPUs com multithreading de hardware. Isso é incrivelmente útil na criação de chips que consigam trabalhar com cargas de aplicativos tradicionais e modernos. Porém, a desvantagem é que o chip perde eficiência em ambientes dimensionados, mesmo quando o SMT está desligado.

O diferencial do Graviton 2 é que cada núcleo foi projetado para processar cargas de trabalho reais, com o máximo possível de núcleos totalmente independentes. Isso significa que não há sobreposição de threads causada pelo SMT, nem transição de estado de energia, nem limitação esperada no processamento — apenas desempenho consistente e confiável. Os caches L1 dos processadores são duas vezes maiores que os dos processadores x86 atuais e não são compartilhados por threads concorrentes.

O Graviton 2 também é o processador com maior eficiência energética fornecido pela AWS, com desempenho por watt 2 a 3,5 vezes melhor do que qualquer outro processador no portfólio dela. Combinado com seu custo impressionante, o processador Graviton 2 é uma adição fantástica para a execução de aplicativos em escala.

 

Compromisso da AWS com a energia renovável

Hoje, um cliente que migra do data center corporativo para um data center da AWS pode reduzir sua pegada de carbono em 88%. E isso é apenas o começo, já que a AWS continua empenhada em cumprir o compromisso climático de zerar a produção de carbono até 2040. Eis alguns dos destaques principais:

  • Reduzir a perda de CC/CA em 35% pela otimização das fontes de alimentação e transferência dos UPSs para os racks
  • 6.500 megawatts de energia renovável utilizados no mundo todo
  • Operacionalizar o uso de materiais alternativos na construção, incluindo a injeção de CO2 em concreto
  • Usar a água de resfriamento da us-west-2 para abastecer agricultores locais no Oregon

 

Entregando o futuro com a AWS

Peter fez algumas ótimas citações, mas uma delas me chamou a atenção:

"Não há algoritmo de compressão para a experiência."
Andy Jassy

É importante levar em conta a experiência na hora de escolher um parceiro de nuvem. Com 15 competências da AWS e mais de 2.700 certificações em AWS, a Rackspace Technology tem a experiência para elevar, operar e inovar os principais propulsores da sua empresa.

Faça uma visita ao estande virtual da Rackspace Technology para conhecer nossas novas soluções da AWS e desfrutar de uma experiência interativa imersiva.  Ou dê uma olhada na nova oferta da Rackspace Technology para o Teams no AWS MarketplaceA Rackspace Technology tem orgulho de ser uma parceira de lançamento da AWS e uma das primeiras a oferecer serviços profissionais no AWS Marketplace.