Article (leitura de 7 minutos)

CDO tradicional x moderno — analisando o estado de mudança do Diretor de dados

Em apenas dez anos, uma posição de nível C cresceu mais do que qualquer outra: a de Diretor de dados.

Juan Riojas / Rackspace

Em 2012, apenas 12% das empresas tinham um Diretor de dados (CDO, na sigla em inglês). Em 2021, 65% têm um CDO. Eu sou um deles.

O rápido crescimento dessa posição acompanhou o rápido crescimento dos dados em si nas últimas duas décadas. As empresas perceberam que precisavam de uma pessoa que fosse responsável por controlar as vastas quantidades de dados que geram todos os dias.

Porém, uma nova demanda superava o escopo original da função de CDO: a obtenção de valor dessas gigantescas quantidades de dados. O alcance desse objetivo exige um conjunto de novas habilidades além da função de CDO tradicional.

Tradicionalmente, os CDOs eram considerados administradores de dados. Uma nova função — a de CDO moderno — exige que os CDOs sejam alquimistas de dados. Além de apenas gerenciar e analisar os dados, eles buscam obter análises críticas com esses dados. Eles não precisam estar equipados para procurar análises que possam alimentar a inovação e a transformação na empresa.

A diferença das responsabilidades e habilidades entre as funções de CDO tradicional e moderna tornou-se um ponto de discórdia no setor. Mas acredito que tenho argumentos fortes para demonstrar por que o CDO moderno vence a questão.

O CDO tradicional

A maioria dos CDOs tradicionais luta para causar impacto real nos negócios. Eles sofrem muita pressão para serem bem-sucedidos no gerenciamento dos dados. Um dos principais problemas é a falta de entendimento sobre o necessário para ter sucesso na função.

As funções tradicionais de CDO foram criadas para garantir que os dados fossem capturados, que estivessem claros, seguros, criptografados, que fossem compatíveis e democratizados. Não se falava em tornar os dados mais valiosos.

Como resultado, as habilidades que as empresas buscaram para suas novas posições de CDO vinham de pessoas que tinham sido cientistas, administradores e analistas de dados, ou uma combinação dessas habilidades. Elas não buscaram pessoas com experiência em estratégia de negócios.

Além disso, as empresas tinham a tendência de subdividir as funções de gerenciamento em pequenas áreas de responsabilidade, como compliance, governança e segurança. Elas contratavam um CDO para compliance e um outro CDO para governança, por exemplo. Cada função era responsável por uma pequena parte do gerenciamento de dados, mas não por todo o ciclo de vida deste.

É difícil ser estratégico quando você não está no controle de todo o processo. É aqui que o CDO moderno se destaca.

O CDO moderno entra em ação

É hora de considerar se a função e as responsabilidades do CDO devem ser determinadas pela perspectiva tradicional ou se devemos admitir que é hora do CDO moderno entrar em ação. Com a minha experiência trabalhando nos dois mundos, posso dizer que os CDOs não serão bem-sucedidos enquanto não evoluírem para a função de CDO moderno.

Para ser um CDO moderno bem-sucedido, é preciso ser arrojado em relação à tradição para trazer uma mudança verdadeira para a organização. Em vez de ficar na defensiva protegendo, cuidando e alimentando vastos armazéns de dados, é hora de adotar uma abordagem ofensiva e começar a criar valor real.

É hora de aproveitar os dados e extrair valor para os negócios. Em vez de simplesmente entregar a administração dos dados, a função do CDO moderno é impulsionar a inovação e a transformação na empresa com base na análise de dados.

A função do CDO moderno não faz uma clara distinção entre as funções tradicional e moderna. Enquanto a função tradicional tem sido basicamente focada na tecnologia, o CDO moderno precisa ser parte especialista em segurança, parte analista-chefe e parte catalisador de dados. É preciso vincular todas essas habilidades em uma única pessoa que tenha a responsabilidade pelos dados, do começo ao fim.

No mundo moderno, a governança de dados tradicional se transforma do simples gerenciamento de dados na criação de um mecanismo de dados continuamente atualizado. O planejamento de projetos se transforma na criação de parcerias de negócios para a entrega contínua de novas análises de dados. A entrega de projetos monolíticos se transforma na entrega de MVPs que aceleram o tempo até a valorização.

O que procurar ao contratar um CDO moderno

Então, quem é a pessoa certa para a função de CDO moderno? A pessoa não precisa ser um cientista de dados tradicional para agregar valor a uma função de CDO, porque o CDO moderno tem requisitos diferentes.

Tradicionalmente, as empresas contratam CDOs que são analistas, doutores ou cientistas de dados. Os candidatos que elas procuram cresceram no mundo da qualidade, governança, risco, conformidade e auditoria de dados. Mas, muitas vezes, isso acaba levando a um candidato de mentalidade técnica que está mais interessado em transformar conceitos em projetos científicos em vez de causar um impacto notável na empresa fora do escritório de dados.

Os CDOs modernos precisam ter experiência técnica e de negócios. Eles precisam ter a habilidade de ver os dados como um facilitador de negócios, não apenas como mecanismo de criação de relatórios.

Eu, por exemplo, tenho experiência no setor de cadeia de suprimentos. Vejo minha função como CDO relacionada a esse setor, porque é meu trabalho juntar todos os pontos do gerenciamento de dados do começo ao fim. Criei um sistema fechado que vai da parceria com a liderança, passando pelo entendimento das demandas e requisitos do negócio, até o planejamento, construção e iteração de sistemas de dados estratégicos. No final do processo, trago valor real para toda a empresa.

O alcance desse nível de sucesso requer um conjunto de habilidades único. E a contratação de um CDO com a habilidade de extrair valor acionável dos dados de maneira a beneficiar a empresa exige uma mudança de paradigma de pensamento fundamental.

Para contratar um CDO moderno, procure uma pessoa que tenha igual equilíbrio de conhecimento técnico, experiência em estratégia de negócios e capacidade de construção da comunidade. Aqui estão algumas qualificações específicas a considerar ao contratar um CDO moderno.

1. Habilidade de solucionar problemas

Os CDOs precisam ser agentes de mudança que possam usar os dados para resolver problemas. Eles precisam ser capazes de se perguntar: como devo usar os dados para criar transformação dentro da empresa? Eles precisam ser capazes de usar dados para encontrar respostas em vez de simplesmente entregar conjuntos de dados aleatórios para os usuários decifrarem.

De preferência, eles precisam entender o valor de pensar do início ao fim sobre todo o processo e saber como criar um mecanismo de dados em contínua execução e que opere como uma cadeia de suprimentos.

2. Experiência em agilidade

Muitas pessoas têm ideias ótimas. São realmente inteligentes. Mas não conseguem entregar resultados com rapidez. O CDO certo terá um histórico de sucesso baseado em agilidade.

Experiência em transformação é crucial. Não estou falando das transformações tradicionais que levam vários anos. Estou falando de ser capaz de gerar valor em dias ou semanas.

Algumas pessoas fogem do fogo. Outras, pulam dentro dele. O CDO certo precisa estar pronto, disposto e capaz de pular no fogo com um grau de urgência.

3. Mentalidade empreendedora

Os CDOs modernos precisam ter mentalidade empreendedora. Eles precisam ser capazes de ouvir reclamações dentro da empresa e vê-las como oportunidades de resolver problemas proativamente usando dados.

Também precisam ser curiosos e ter pensamento crítico e construtivo para criar novas maneiras de lidar com os problemas usando dados.

4. Ser um entusiasta

Um CDO precisa ter inteligência de negócios e uma personalidade que inspire confiança. A pessoa que assumir essa função precisa trabalhar bem com seus colegas executivos.

É preciso ter a inteligência emocional necessária para manter um bom relacionamento com os outros líderes empresariais que também tomam as decisões estratégicas que impactam o futuro da empresa. O CDO saberá como contribuir para esse esforço e terá a capacidade de obter o suporte e a confiança da equipe executiva para iniciar a inovação e a transformação.

Esta lista de qualidades ideais para um CDO moderno não termina aqui. O que uma empresa de médio porte precisa em um CDO pode ser diferente do que uma empresa grande precisa. Mas esta visão geral fornece um ponto de partida para entender o papel do CDO moderno — um papel focado especialmente na criação de valor real para a empresa moderna.

De certa forma, a função do CDO moderno em si é uma indicação da prontidão de uma organização para competir em um mundo moderno. Quando as organizações estão prontas para ter um CDO moderno, elas estão sinalizando que estão prontas para ser uma empresa moderna — e uma transformação real suportada por análises reais orientadas por dados.

Participe da conversa: encontre o Solve em Twitter and LinkedIn, ou siga através de RSS.

Stay on top of what's next in technology

Learn about tech trends, innovations and how technologiest are working today.

Subscribe

Sobre o autor

Chief Information OfficerJuan Riojas

Como diretor de Informações da Rackspace Technology, Juan Riojas é responsável pela estratégia, gerenciamento e análise de dados corporativos para atender à necessidade da empresa de responder a perguntas críticas por meio de acesso à informação...

Leia mais

Série sobre soluções para estratégia

Inscreva-se em um ou todos os eventos globais com influenciadores, especialistas, técnicos e líderes do setor

Crie sua conta já