Article (leitura de 5 minutos)

Nas Trincheiras: 8 Maneiras de Fracassar na Transformação Digital

Reuni nesta lista os principais motivos e explicações de como fracassar — para que você possa, em vez disso, abrir caminho para o sucesso.

Matt Barlow / Rackspace

As empresas investem milhões em transformação digital, mas fracassam. Elas enfrentam grandes desafios, mas cometem os mesmos erros, repetidamente. A partir da minha perspectiva como engenheiro principal, reuni nesta lista os principais motivos e explicações de como fracassar — para que você possa, em vez disso, abrir caminho para o sucesso.

Elas enfrentam grandes desafios, mas cometem os mesmos erros, repetidamente.

Como fracassar nº 1: Não busque adesão

Evitar o fracasso requer tanto mudanças organizacionais como tecnológicas. As empresas gastam milhões contratando consultores para ajudá-as a implementar a transformação digital, mas, como as mudanças organizacionais nunca são integralmente implementadas depois, as iniciativas não progridem. Geralmente, trata-se de má comunicação ou de falta de adesão da liderança — portanto, para fracassar com gosto, tenha ambas as coisas.

Solução: obtenha adesão da liderança da empresa. O pessoal no nível executivo precisa patrocinar e promover a mudança, ou é improvável que ela consiga o apoio de toda a organização.

Como fracassar nº 2: Fique preso ao passado

Processos antigos construídos para a infraestrutura preexistente continuam ali e causam problemas. Já vi muitas empresas seguirem rigidamente os processos existentes sem nunca atualizá-los, mesmo que a tecnologia mude diariamente a forma como trabalhamos. Isso pode fazer com que as empresas levem meses ou anos para implantar atualizações ou um novo código. O mundo funciona muito mais rápido do que isso.

Solução: em vez de supor que mudar a tecnologia é suficiente – o que não é verdade –, certifique-se de ter processos ágeis e modernos para aproveitar totalmente a nova tecnologia que está adotando.  Uma mudança de tecnologia dessa monta também requer mudanças em pessoas e processos.

Como fracassar nº 3: Planos confusos de replataformização

A replataformização afeta cada camada da empresa. Para fracassar, escolha cegamente uma plataforma, talvez uma bem recente e não comprovada, só porque você pode. Não se preocupe se a plataforma serve ou não para ajudar as equipes a realizar um trabalho de qualidade. Em vez disso, escolha a tecnologia que chegou semana passada num estardalhaço de publicidade e badalação.

Solução: em vez de escolher a tecnologia que mais está bombando, considere as opções e veja a que melhor se adequa aos seus objetivos e ao funcionamento da sua empresa. Não escolha o nome novo e moderninho só porque o leu no Twitter. Tenha o propósito em mente.

Como fracassar nº 4: Seja muito lento

As empresas que fracassam são aquelas que não conseguem desenvolver, iterar e evoluir rapidamente. Na verdade, a mudança do cenário tecnológico ocorre mais rapidamente do que o processo costumeiro de replataformização. No momento em que uma transição é concluída, a tecnologia subjacente pode precisar de mudança novamente, fazendo com que seja um grande desafio acompanhá-la. Então, em vez de se mover rapidamente, com uma estrutura corporativa ágil, permaneça arraigado se quiser fracassar. Em vez de reconhecer que tal plataforma é a certa "por ora" e que a transformação nunca termina, o fracasso demanda que você defina uma meta e prometa ficar com ela para sempre.

Solução: evite fracassos neste quesito reconhecendo que a transformação digital não é algo com início e fim — ela é constante. A adoção de processos e equipes ágeis facilitará a iteração constante e permitirá que a transformação converta-se em uma atividade usual.

Como fracassar nº 5. Faça da conformidade uma desculpa para tudo

As grandes empresas dirão que as atualizações e a implantação exigem aprovação da diretoria por conta da conformidade — daí, atrasam atualizações ou perdem atualizações críticas. Os sistemas modernos que precisam de atualizações regulares podem, então, ficar defasados, mesmo se a conformidade exigir que tudo seja mantido atualizado. Isso pode resultar em um empolgante e vertiginoso ciclo de fracassos, no qual a empresa congela-se por meses, com medo de atualizar, e depois passa o resto do ano se recuperando, vendo os céleres novatos ultrapassarem-na velozmente.

Solução: a atualização das políticas de conformidade deve fazer parte de sua prática geral de transformação digital. Se você está atualizando sua tecnologia, seu pessoal e seu processo, a forma como você gerencia a conformidade também precisa fazer parte disso.

Como fracassar nº 6. Pense apenas no curto prazo

As decisões tomadas com ênfase excessiva no custo tendem a fracassar. Às vezes, dá para aumentar o fracasso usando decisores que têm relacionamentos estabelecidos com fornecedores específicos e, por isso, exigem que você migre tudo para uma determinada nuvem. Porém, para um fracasso mais retumbante, lembre-se de pensar globalmente em relação ao curto prazo — por exemplo, você poderia ficar extremamente defasado nas atualizações ao não tolerar nenhum tempo de inatividade, em vez de considerar mais integralmente o impacto nas perspectivas de longo prazo da sua empresa.

Solução: em vez de pensar apenas nas metas de curto prazo, pense no impacto de longo prazo de cada decisão. Pense em onde isso colocará sua organização daqui a alguns anos. Mais tarde, você ficará feliz ou se repreenderá por ter tomado tal decisão? Seu próximo passo, ainda que pequeno, deve ser rumo ao topo da montanha que você almeja escalar.

Como fracassar nº 7. Deixe as equipes isoladas

Regras segmentadas entre diferentes equipes e empresas criam atrito. Equipes distintas que não sejam coesas nem se comuniquem bem criarão muitos problemas. Reunir as pessoas certas na sala certa pode impulsionar a organização inteira em prol de um objetivo comum. Para fracassar, faça com que a empresa retroceda à estrutura antiga o mais rápido possível, remova a gestão ágil, bloqueie indivíduos multidisciplinares e restrinja a comunicação para destruir a perspectiva de trabalho conjunto entre as equipes.

Solução: em vez de uma força de trabalho compartimentada em silos, considere criar equipes de pods multidisciplinares com autonomia sobre o trabalho que estão realizando. Você pode se surpreender com a forma como a comunicação cruzada pode mudar a maneira como as pessoas trabalham juntas.

Como fracassar nº 8. Ache que está sozinho

Certa vez, em uma conferência, eu conversei com um executivo sobre a transformação digital. Ele me perguntou se alguma organização já havia passado com êxito por uma transformação digital, pois ele nunca vira qualquer evidência disso — e a empresa dele estava bem no meio de uma. Para fracassar com gosto, suponha sempre o pior, como o executivo fez, e acredite que está completamente sozinho.

Solução: a maioria das empresas tem problemas e desafios neste aspecto — e há maneiras de contorná-los. Quando se deparar com a frase "comunique-se ou morra", prefira sempre se comunicar.

Você não está sozinho. A transformação digital será sempre um desafio grande — e que nunca acaba. Mas você é capaz de obter êxito — basta inverter todas as "dicas" acima, e você estará no caminho certo.

Em vez de "conduzir a mudança", talvez devêssemos dizer "patrocinar a mudança", ou até mesmo apostar a carreira na mudança. Pois é preciso, de fato, haver um executivo totalmente empenhado e que "viva ou morra" com base no resultado da transformação.

 

Participe da conversa: encontre o Solve em Twitter and LinkedIn, ou siga através de RSS.

Sobre o autor

Engenheiro-chefeMatt Barlow

Matt Barlow é o engenheiro-chefe da Rackspace e traz uma vasta experiência em DevOps, AWS, Kubernetes e Cloud Foundry. Em sua função, Matt foi reconhecido como um dos principais colaboradores técnicos da Rackspace e é responsável pela solução dos...

Leia mais


Série sobre soluções para estratégia

Inscreva-se em um ou todos os eventos globais com influenciadores, especialistas, técnicos e líderes do setor

Crie sua conta já