Article (leitura de 2 minutos)

Três estatísticas de gestão de custos que os líderes de TI não podem se dar ao luxo de ignorar

O relatório completo revelou uma série de insights sobre o estado dos orçamentos de TI. Eis três conclusões importantes:

Jeff DeVerter / Rackspace

Em junho de 2020, encomendamos uma pesquisa global sobre gestão de custos. Após as mudanças provocadas pela Covid-19, em meio à contínua transformação da TI, ficamos particularmente interessados em como os líderes de TI estavam gerenciando orçamentos e se ajustando ao impacto da pandemia. A pesquisa consultou mais de 1.500 decisores de tecnologia em dez países. Participaram CSOs, CIOs, CTOs e outros decisores de TI do setor público/governo, saúde, mídia, serviços financeiros, manufatura e varejo.

O relatório completo revelou uma série de insights sobre o estado dos orçamentos de TI. Eis três conclusões importantes:

  1. 50% dos entrevistados não conhecem a definição de governança de custos. A pesquisa constatou confusão generalizada acerca das definições de otimização de custos e governança de custos, que compõem os principais elementos da gestão de custos. Sem definição e compreensão claras de como implementar essas práticas vitais, as organizações estão desperdiçando a oportunidade de aproveitar melhor os gastos com TI. Os dados também revelaram que a TI compartilha decisões orçamentárias com cada vez mais grupos dentro da empresa.
  2. 80% tiveram aumento inesperado de gastos durante o T2. Os orçamentos estão crescendo, mas não da forma como você imagina. Para sobreviver à pandemia, as organizações investiram pesado em tecnologia para manter-se à tona. E não há sinal de que esse gasto vá retroceder tão cedo. Enquanto isso, os gastos em outras iniciativas vitais, como segurança e transformação digital, foram colocados em segundo plano.
  3. 42% planejam utilizar uma nova infraestrutura em nuvem para cortar custos. As organizações que estavam desconfiadas da nuvem ou migrando para ela de forma lenta estão agora avançado a todo vapor, incentivadas pelo desempenho da nuvem durante a crise. Enquanto buscam se recuperar, tais organizações concentram-se em substituir os complexos recursos de centro de dados por elementos baseados na nuvem.  

Em geral, os dados da pesquisa revelaram que a gestão de custos é uma prioridade para os líderes de TI. Pressionados por demandas de modernização e transformação, ao mesmo tempo em que lidam com o impacto de uma pandemia global, os líderes de TI tiveram que tomar decisões difíceis para manter as coisas funcionando. Muitas dessas decisões foram tomadas sem o respaldo de uma estrutura de governança, otimização e gerenciamento de custos. À medida que a crise diminuir, os líderes terão que reavaliar as decisões e determinar onde investir melhor o dinheiro da TI para se manterem competitivos e se prepararem para o que vem a seguir.

Baixe o relatório completo: Orçamentos de Tecnologia – Gerenciando a Mudança de Prioridades, que traz mais insights e análises sobre o estado da gestão de custos para ajudar você a orçar com vistas ao futuro.

Baixar o relatório completo

 

Participe da conversa: encontre o Solve em Twitter and LinkedIn, ou siga através de RSS.

Stay on top of what's next in technology

Learn about tech trends, innovations and how technologiest are working today.

Subscribe

Sobre o autor

Evangelista Técnico ChefeJeff DeVerter

Jeff conta com 25 anos de experiência em TI e tecnologia e trabalha na Rackspace Technology há mais de 10 anos. Jeff é um líder estratégico reconhecido, que ajudou empresas como American Express, Ralph Lauren e Thompson Reuters a criarem e...

Leia mais


Série sobre soluções para estratégia

Inscreva-se em um ou todos os eventos globais com influenciadores, especialistas, técnicos e líderes do setor

Crie sua conta já