Article (leitura de 5 minutos)

Robots Are Not the Job Killers We All Feared

While digital workers are being dispatched to take on rote tasks that humans do manually, they are not eliminating jobs.

Fast Company

Nota do editor:

Este artigo me chamou a atenção porque eu concordo totalmente com as observações e previsões de Alastair. Todos já vimos filmes de ficção científica e conhecemos bem a velha história que eles tentam ilustrar: um mundo em que a maioria dos empregos é tomada pelos robôs ou pela IA, e os seres humanos acabam desempregados e se voltam para o crime. Essa é uma visão míope e paranoica da adoção da IA e da robótica. O autor tem excelentes argumentos, que muitas vezes são descartados, ao mencionar a eliminação do trabalho entendiante, o que permite que os funcionários realizem trabalhos mais significativos e gratificantes.

Embora a automação vá remover as tarefas repetitivas e triviais e permitir que os trabalhadores humanos façam trabalhos mais gratificantes, ela ainda exige que o trabalhador humano queira mudar. A ruptura já está entre nós, e as empresas precisam ter um plano para dar novas ferramentas à sua mão de obra humana. Outro ponto que não foi mencionado por ele e que eu acho importante observar é que a taxa de rotatividade dos funcionários provavelmente seria menor, já que as pessoas não seriam forçadas a sair do emprego para encontrar um trabalho de que gostassem mais.

- Brad Tarno

Participe da conversa: encontre o Solve em Twitter and LinkedIn, ou siga através de RSS.

Série sobre soluções para estratégia

Inscreva-se em um ou todos os eventos globais com influenciadores, especialistas, técnicos e líderes do setor

Crie sua conta já