IoT project questions

Perguntas de um milhão de dólares: o que perguntar ao iniciar um projeto de IoT

Para aproveitar a sua solução de IoT ao máximo, é crucial fazer e responder às perguntas certas antes do início da implementação.

A Internet das Coisas (IoT) abre caminho para melhorias na eficiência, nas análises orientadas por dados e nas receitas. Porém, para garantir o sucesso de seu projeto de IoT, é necessário avaliar a sua estratégia e fazer as perguntas certas antes da implementação.

O planejamento é crucial, porque a integração da IoT no ecossistema de sua empresa envolverá diversos processos e partes interessadas. E, considerando que os dispositivos de IoT são normalmente atacados em cinco minutos após a conexão com a internet, a segurança deve desempenhar um papel fundamental em seu planejamento.

Apesar dos riscos, noventa e três por cento dos executivos acreditam que a IoT é mais benéfica do que arriscada. Se você se preparar e fizer as perguntas certas, uma solução bem-projetada de IoT poderá desempenhar um papel crucial no crescimento de sua empresa.

Sete perguntas a fazer antes de implementar uma solução de IoT

Uma solução de IoT baseada em nuvem normalmente inclui quatro componentes: dispositivos, conectividade, uma plataforma de processamento de dados e uma interface do usuário. Ao se preparar para a implementação de uma IoT, é preciso considerar cada aspecto do projeto, desde a logística de fabricação até a determinação de como os dispositivos serão implementados. Quase dois terços das empresas esperam que um investimento em IoT apresente ROI dentro de três anos, mas, para alcançar essa meta, é necessário responder a várias perguntas antes de implementar sua solução.

1. Qual é o problema que você está tentando resolver?

A maioria das empresas começa com uma ideia geral do problema que deseja resolver com suas soluções de IoT, mas isso geralmente não é suficiente para uma implementação bem-sucedida. Se quiser otimizar sistemas com machine learning ou monitorar equipamentos industriais remotamente, você precisa definir claramente o problema exato que deseja solucionar.

2. Quem são as partes interessadas?

A identificação das partes interessadas é essencial para determinar a quantidade de dados que você precisa coletar e como organizar esses dados. Por exemplo, as partes interessadas no negócio normalmente preferem ver dados mais agregados do que as partes interessadas dos setores de TI ou técnico, que provavelmente prefeririam ter informações mais detalhadas de cada dispositivo. A identificação de suas partes interessadas também ajuda a determinar se os dados precisam estar acessíveis em dispositivos móveis, no desktop ou em ambos.

3. Como é a solução? Existem restrições?

Agora que você identificou seu problema de negócios e as partes interessadas, pode começar a explorar sua solução e os possíveis obstáculos. À medida que desenvolver a solução, considere fatores como tamanho e largura de banda do dispositivo, requisitos de armazenamento e até detalhes como a localização do dispositivo e como ele acessará o Wi-Fi. Avaliar esses detalhes ajuda a determinar as melhores práticas para quando for hora de implementar a solução e começar a coletar dados.

4. Qual é o custo total da solução?

Quantificar o custo total de uma solução de IoT é complicado. Você precisa de um modelo de precificação que seja flexível e considere o preço por dispositivo, a infraestrutura, os custos associados ao monitoramento e outros fatores. As soluções de IoT requerem análise contínua dos custos e, portanto, talvez seja necessário ajustar seus planos à medida que os preços flutuarem com o tempo.

5. Como você lidará com a segurança?

Mais de dois terços das empresas tiveram incidentes de segurança em dispositivos de IoT. No entanto, você precisa estabelecer a segurança com antecedência, pois implementá-la a posteriori é muito mais difícil. Ao determinar como transportar e armazenar os dados com segurança, considere detalhes como quem receberá acesso à rede e como você filtrará os dados sensíveis. Além disso, leve em conta a escalabilidade. Uma tática de segurança específica pode funcionar para um número restrito de dispositivos, mas talvez não sirva para milhares de dispositivos em uma implantação de IoT maior.

6. Qual é o seu cronograma?

Existem vários fatores a serem considerados na hora de determinar o momento oportuno para implantar sua solução. Para começar, é preciso levar em conta os prazos de entrega dos vários componentes do sistema, que podem sofrer atraso devido a paralisações causadas pela pandemia na cadeia de suprimentos. Como muitos fabricantes estão localizados no exterior, é preciso considerar também os atrasos alfandegários. Tenha em mente que alguns fabricantes talvez precisem reequipar as linhas de produção de determinados dispositivos, o que pode estender ainda mais os cronogramas.

7. Como você vai testar e monitorar os dispositivos e a solução?

Antes de fazer centenas de instalações, é preciso determinar como testar e monitorar os dispositivos, bem como outros componentes na solução de IoT.  Considere tanto o desempenho físico dos dispositivos (por exemplo, duração da bateria e recursos de captura de dados) quanto a eficácia com que a solução está resolvendo o problema (por exemplo, se ela está coletando os dados certos). Além disso, determine como você realizará as testagens física, elétrica e de compliance regulatória dos dispositivos depois que forem implementados.

 

As soluções de IoT podem otimizar os processos e sistemas da força de trabalho, criando vantagem competitiva. Porém, para aproveitar a sua solução ao máximo, é crucial fazer e responder às perguntas certas antes do início da implementação.

 

Join the Conversation: Find Solve on Twitter and LinkedIn, or follow along via RSS.

Stay on top of what's next in technology

Learn about tech trends, innovations and how technologists are working today.

Subscribe

build or buy IoT

Construir ou comprar: enfrentando a decisão mais difícil da IoT

About the Authors

Akito headshot

Vice President of Cloud Native Development & IoT

Akito Nozaki

Akito Nozaki is part of the Cloud Native Development (CND) Practice at Rackspace and has been involved in various projects from hardware/embedded, full stack cloud solution to desktop application. Akito has been leading the hardware team to help shape the cloud native IoT platform on AWS. 

Read more about Akito Nozaki

Related Topics

data terms
article
Um guia de campo de corpos d'água de dados
Leia o artigo
IoT assessment
article
Comece sua jornada de IoT na AWS com uma avaliação consultiva