Criando redes mais fortes para as mulheres na tecnologia

By Chris Schwartz -

three professionals working on laptops and talking at a shared table

 

O Dia Internacional da Mulher foi comemorado em 8 de março. Além disso, março também é o Mês da História da Mulher. É uma época do ano em que há muitos debates sobre paridade de gênero e diversidade, particularmente no setor de tecnologia — no qual, segundo os dados, as mulheres ainda são sub-representadas, sub-remuneradas e frequentemente discriminadas.

Ainda temos um longo caminho a percorrer, sendo de interesse das próprias empresas impulsionar o progresso nessa área. De acordo com a  Gartner, o desempenho dos funcionários em organizações pluralistas é 12% maior do que naquelas sem iniciativas de inclusão. Diversidade e inclusão também melhoram o envolvimento dos funcionários, o que por sua vez aumenta a retenção em 19% e a colaboração em 57%.

No episódio especial #WomenInTech do Cloudspotting, Sai e Alex recebem quatro membros do grupo de recursos denominado Organização Profissional para o Empoderamento de Mulheres na Rackspace Technology (POWER, na sigla em inglês). O POWER é composto por algumas centenas de funcionários da Rackspace Technology e tem como missão empoderar as mulheres em suas carreiras e transformar a Rackspace Technology numa empresa em que elas possam prosperar.

 

Sintonize para ouvir sobre estes temas:

  • Orientações para mulheres que estão começando em novos cargos e avançando na carreira
  • Licença-maternidade, regresso ao trabalho e cuidados infantis
  • Como mesclar vida e trabalho e aumentar a aceitação dos deveres familiares
  • Como superar a cultura do presenteísmo
  • Como recrutar e reter uma força de trabalho diversificada
     

Jo Glass, diretora de operações estratégicas da Rackspace Technology, fala sobre a incrível comunidade de mulheres na tecnologia. "Acho que, para qualquer mulher na área de tecnologia: conecte-se. Tem um monte de mulheres inspiradoras por aí, tem um monte de literatura por aí. É fantástico que esse seja um assunto tão comentado hoje em dia, não costumava ser assim. Pense nos tipos de função que deseja desempenhar e comunique-se com outras mulheres dentro e fora da tecnologia para buscar apoio. Existem diversas habilidades transferíveis que podem ser aplicadas à tecnologia, você não precisa ser especializada em engenharia. Pense em que valor você pode agregar à empresa."

Vanessa Thompson, gerente de sucesso de clientes empresariais na Rackspace Technology, fala sobre como retornar ao trabalho depois de ter um filho e como lidar com os cuidados infantis. "É preciso desacelerar e descobrir como equilibrar as exigências dos cuidados infantis e também o seu trabalho. Ter um parceiro solidário para dividir essa responsabilidade também é muito importante. E acho que a Covid talvez tenha ajudado a iluminar um pouquinho os arranjos familiares e os sistemas de apoio, fazendo com que possamos ser mais abertas sobre a nossa situação."

Gavin Bounds, COO para EMEA na Rackspace Technology e presidente da PurpleSpace, um centro de contatos para funcionários com deficiência, explica como a Covid pode ter alterado a cultura do presenteísmo, que reteve as pessoas que não podiam estar tanto no escritório. "Espero que quando começarmos a voltar ao normal, seja ele qual for, a cultura do presenteísmo, que observei em várias organizações e é imensamente insalubre, tenha mudado para sempre. Sem dúvida, era um conceito que, com bastante frequência, prejudicava as mulheres que tinham obrigações familiares ou motivos para estar menos presentes no escritório."

 

 

Criando redes femininas mais fortesOuça agora