• Vendas: 1-800-961-2888
  • Suporte: 1-800-961-4454

Como posso modificar meu arquivo de hosts?


A modificação de seu arquivo de hosts permite que você substitua o DNS de um domínio na máquina específica. Isso pode ser usado para testar seu site sem o link de teste antes da entrada em operação com SSL, verificar se um site de alias funciona antes das alterações no DNS ou por outros motivos relacionados ao DNS. Isso faz com que sua máquina local olhe diretamente apenas para o IP especificado.

Seu arquivo de hosts precisará ter duas entradas adicionadas contendo o endereço IP que você deseja que o site determine, além do endereço. A adição das duas linhas abaixo, por exemplo, indicará www.domain.com e domain.com a nosso cluster atual PHP5-ITK (PHP5 "atualizado"):

64.49.219.194 www.domain.com
64.49.219.194 domain.com

Veja abaixo como localizar e editar o arquivo de hosts em diversas plataformas do sistema operacional. Depois que as informações adequadas sobre o domínio forem adicionadas, você deverá salvar o arquivo para que seu sistema comece a determinar o IP especificado. Depois da conclusão dos testes, essas entradas deverão ser removidas.

Conteúdo

 

Windows Vista e Windows 7

O Windows Vista e 7 utilizam o Controle de Conta de Usuário (UAC), portanto, você deve executar o Bloco de notas como administrador.

1. Clique em Iniciar -> Todos os programas -> Acessórios.

2. Clique com o botão direito do mouse em "Bloco de notas" e selecione "Executar como administrador".

3. Clique em "Continuar" na janela do UAC "O Windows precisa da sua permissão".

4. Quando o Bloco de notas for aberto, clique em Arquivo -> Abrir.

5. No campo de nome de arquivo, digite C:\Windows\System32\Drivers\etc\hosts.

6. Clique em "Abrir".

 

Windows NT/2000/XP

1. Clique em Iniciar -> Todos os programas -> Acessórios -> Bloco de notas.

2. Clique em Arquivo -> Abrir.

3. No campo de nome de arquivo, digite C:\Windows\System32\Drivers\etc\hosts.

4. Clique em "Abrir".

 

Linux

1. Abra uma janela de terminal.

2. Digite sudo nano /etc/hosts (é possível usar qualquer editor de texto).

3. Digite sua senha.

 

Mac OS X 10.0 – 10.1.5

1. Abrir/Aplicativos/Utilitários/NetInfo Manager.

2. Para permitir a edição do banco de dados do NetInfo, clique no cadeado do canto inferior esquerdo da janela.

3. Digite sua senha de administrador e clique em "OK".

4. Na segunda coluna da exibição do navegador, selecione o nodo chamado "máquinas". Você verá as entradas "-DHCP-", "broadcasthost" e "localhost" na terceira coluna.

5. A maneira mais rápida de criar uma entrada é duplicando uma existente. Portanto, selecione o item "localhost" da terceira coluna.

6. No menu "Editar", selecione "Duplicar". Um alerta de confirmação será exibido.

7. Clique em "Duplicar". Uma nova entrada chamada "localhost copy" é exibida, e suas propriedades são mostradas abaixo da exibição do navegador.

8. Clique duas vezes no valor da propriedade "ip_address" e digite o endereço IP do outro computador.

9. Clique duas vezes no valor da propriedade "name" e digite o nome do host que deseja para o outro computador.

10. Clique na propriedade "servers" e, no menu "Editar", selecione "Excluir".

11. No menu "Arquivo", clique em "Salvar". Um alerta de confirmação será exibido.

12. Clique em "Atualizar esta cópia".

13. Repita as etapas 6 a 12 para cada entrada de host que quiser adicionar.

14. Selecione "Sair" no menu do NetInfo Manager. Não é preciso reinicializar o computador.

 

Mac OS X 10.6 – 10.1.8

1. Abra Aplicativos > Utilitários > Terminal.

2. Na janela "Terminal", digite o seguinte para abrir o arquivo de hosts:

sudo nano /private/etc/hosts

Quando solicitado, digite sua senha de usuário.

3. Edite o arquivo de hosts. Esse arquivo contém alguns comentários (linhas iniciadas pelo símbolo #), bem como alguns mapeamentos de nome do host padrão (por exemplo, 127.0.0.1 – host local). Anexe os novos mapeamentos sob os mapeamentos padrão.

4. Salve o arquivo de hosts. Quando concluir a edição dele, pressione Control+X para salvar o arquivo.

5. Faça com que suas alterações tenham efeito fazendo o flush do cache DNS com o seguinte comando:

$ dscacheutil -flushcache

6. Os novos mapeamentos deverão agora ter efeito.







© 2011-2013 Rackspace US, Inc.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo deste site está licenciado sob uma licença não adaptada de Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0


Ver detalhes da licença e o AVISO LEGAL