Você está visualizando a versão dos EUA de nosso site a partir de outro país. Se quiser ver uma versão local de nosso site, clique no link abaixo.

1-800-961-2888

Entre em contato com o suporte internacional

Você pode ligar gratuitamente de fora dos Estados Unidos para esses países.

  • Argentina / 0800-666-3175
  • Brasil / 0-800-892-3931
  • Chile / 1230-020-9016
  • Colômbia / 01800-913-1498
  • México / 01-800-099-0216
  • Peru / 0800-55584
  • Estados Unidos / 1-800-961-4454
  • Venezuela / 0-800-100-4663
  • Restante da América Latina 1-210-312-2329
Pode haver custos adicionais no caso de ligações dentro de outros países da América Latina.

Glossário do jargão do setor de hospedagem


A hospedagem costuma usar uma linguagem própria composta de siglas, nomes proprietários e termos que receberam novos significados. Para alguns, isso é um idioma nativo. Para outros, é uma linguagem totalmente nova. Elaboramos a versão condensada deste glossário para ajudá-lo a "traduzir" os termos mais usados em hospedagem para uma linguagem mais comum.

Apache
Infraestrutura de aplicação
Banda larga
CGI
Cgi-bin
A nuvem
Extensão de nuvem
Computação em nuvem
DDoS
Dispositivo
Firewall
FTP
Computação em grade
HTML
HTTP
IDS
IIS
IP
J2EE
LAMP
Load balancing
Backup gerenciado
Servidor de nomes
NOC
Software sob demanda
Comutação de pacotes
Plataforma como serviço
RAID
SAN
Escalabilidade
Plataformas de comércio de serviços
Acordo de Nível de Serviço (SLA)
Software como serviço (SaaS)
SQL
SSL
VPN
Hospedagem na web
XML



Apache
Um dos programas de servidores web mais populares do mundo, o Apache foi criado por um grupo de programadores de código aberto e é usado frequentemente por causa de seu excelente desempenho, recursos de segurança confiavéis e por ser gratuito.
Infraestrutura de aplicação
Os componentes de software de que seu aplicativo personalizado depende para sua funcionalidade. São exemplos os servidores web, servidores de aplicação e servidores de banco de dados.
Banda larga
A quantidade de dados que pode ser transmitida para um servidor em um determinado momento. Quanto maior sua banda, maior será a quantidade de tráfego que o seu site poderá gerenciar ao mesmo tempo.
CGI
Abreviatura de Common Gateway Interface (Interface Comum de Gateway), pequeno script que processa dados retirados do usuário (como os de um formulário de inscrição).
Cgi-bin
O diretório em um servidor web onde os scripts CGI são armazenados.
A nuvem
Pool de servidores e serviços de computação de alta disponibilidade que são disponibilizados para uso geral pela web e outras aplicações baseadas em rede.
Extensão de nuvem
Uso de recursos de nuvem como válvula de pressão quando uma maior quantidade de recursos do computador é usada para extensão do tráfego ou picos de demanda de curto prazo na atividade ou carga.
Computação em nuvem
Compartilhamento de recursos de computação (servidores dedicados, de tempo compartilhado ou compartilhados dinamicamente) e componentes de infraestrutura relacionados (load balancing, firewalls, armazenamento de rede, ferramentas de desenvolvedor, monitores e ferramentas de gerenciamento) para facilitar a implementação e operação de aplicações baseadas na web e em rede. Ambientes de computação em nuvem fornecem aos desenvolvedores e seus clientes acesso direto sob demanda a recursos de computação expansíveis em grande escala, tudo por uma fração do custo de opções dedicadas, tais como centros de dados gerenciados, instalações de colocação ou centros de dados privados. Recursos de nuvem geralmente são acessados através da internet pública.
DDoS
Abreviatura de Distributed Denial of Service Attack (Ataque distribuído de negação de serviço), a forma mais comum de ataque em dispositivos de rede. Ele domina uma rede monopolizando sua banda larga ao inundá-la com informações de múltiplos hosts, impedindo, assim, tráfego de rede legítimo.
Dispositivo
Refere-se a componentes individuais de hardware que compõem uma configuração hospedada exclusiva. Inclui servidores, firewalls e load balancing.
Firewall
Parte do hardware ou software de segurança projetada para proteger os servidores web. Normalmente são usados ​​para proteger sites contra ataques de hackers ou acesso não autorizado.
FTP
Abreviatura de File Transfer Protocol (Protocolo de transferência de arquivos), método que permite troca de arquivos entre servidores web e usuários remotos
Computação em grade
Arquitetura para a rede do servidor, através da qual os ciclos de processamento de todos os computadores em uma rede de grade podem ser alocados para uma determinada aplicação. Difere de outras arquiteturas em que a integração é realizada em nível de hardware, fazendo com que a grade pareça um recurso único e grande em vez de um conjunto de recursos autônomos compartilhados.
HTML
Abreviatura de HyperText Markup Language (Linguagem de marcação de hipertexto), a linguagem usada por servidores web e navegadores clientes para comunicação. Todas as funções do servidor (como processamento de banco de dados), embora possam ser feitas em outra linguagem, devem, no final, ser devolvidas ao usuário em HTML.
HTTP
Significa HyperText Transfer Protocol (Protocolo de transferência de hipertexto), o protocolo pelo qual arquivos HTML se movem através da internet. O HTTP requer um navegador cliente e um servidor HTTP (geralmente um servidor web).
IDS
Abreviatura de Intrusion Detection System (Sistema de detecção de intrusos), que reconhece todos os tipos de tráfego de rede e usos de computador hostis que não podem ser detectados por firewalls convencionais.
IIS
Abreviatura de Internet Information Server, software de servidor da Microsoft para Windows NT/2000.
IP
Abreviatura de Internet Protocol, que indica o formato de "pacotes de dados" utilizados para a troca de informações através da internet.
J2EE
Abreviatura de Java 2 Platform Enterprise Edition. O J2EE é uma plataforma de programação para desenvolvimento e execução de aplicações de arquitetura multicamadas distribuídas, baseada principalmente em componentes modulares em execução em um servidor de aplicações.
LAMP
Sigla dos programas de software gratuitos geralmente usados ​​em conjunto para executar sites dinâmicos:
  • Linux, o sistema operacional;
  • Apache, o servidor web;
  • MySQL, o sistema de gerenciamento de banco de dados (ou servidor de banco de dados);
  • Perl, PHP e/ou Python, as linguagens de script.
Load balancing
Distribuição de dados através de uma rede de servidores para garantir que um único servidor web não fique sobrecarregado com o trabalho e tenha o desempenho comprometido.
Backup gerenciado
Indica cópia de dados com a finalidade de ter uma cópia adicional de uma fonte original, armazenando dados especificamente em mídia de fita separada localizada no servidor. Se os dados originais forem danificados ou perdidos, os dados podem ser novamente copiados a partir dessa fonte.
Servidor de nomes
Servidor responsável por traduzir nomes de domínios e endereços IP.
NOC
Abreviatura de Network Operations Center, a "base" da empresa de hospedagem, por assim dizer. O NOC geralmente é onde a maior parte da administração, suporte técnico e armazenamento de servidores físicos acontece.
Software sob demanda
Aplicações de software fornecidas através de redes (como a internet) ou como serviços baseados em rede. O fornecimento de software sob demanda, para instalação e uso locais, geralmente é chamado de software sob demanda.
Comutação de pacotes
Método através do qual a maioria dos dados são trocados pela internet. A maioria dos dados é dividida em pequenos "pacotes" antes da transferência e, depois, reagrupados no destino.
Plataforma como serviço
Variação do SaaS, fornecendo ambientes de desenvolvimento integrados como serviço turnkey.
RAID
Abreviatura de Redundant Array of Independent Disks (Conjunto redundante de discos independentes), método de proteção/backup de dados. Os dados são armazenados em vários servidores para que a informação continue acessível se houver falha em parte do hardware/software.
SAN
Abreviatura de Storage Area Network, rede projetada para conectar dispositivos de armazenamento de computador, como controladores de matriz de disco e bibliotecas de fitas, aos servidores. Em uma rede de armazenamento, um servidor emite uma solicitação de blocos específicos, ou segmentos de dados, a partir de discos específicos. Este método é conhecido como armazenamento de dados. O dispositivo funciona de forma semelhante a um disco interno, acessando o bloco especificado e enviando a resposta por toda a rede.
Escalabilidade
A capacidade de se adaptar a rápidas mudanças da demanda, ao adicionar ou remover dinamicamente recursos de nuvem com base em métricas de desempenho e limites de carga. Em ambientes mais avançados, essas alocações e desalocações de recursos são totalmente automatizadas e quase instantâneas, permitindo o bom funcionamento dos serviços.
Plataformas de comércio de serviços
Híbrido de SaaS e soluções de managed services, criando uma oferta de serviços de computação em nuvem como um centro de serviços completo. Essas plataformas de serviços geralmente são incorporadas ou integradas com outras ofertas de serviços para fornecer uma aplicação completa. Em alguns casos, as plataformas de serviços de comércio são totalmente autossuficientes e orientadas para mercados verticais ou grupos comerciais como ambientes de TI terceirizados.
Acordo de Nível de Serviço (SLA)
Acordo formal por escrito entre duas partes: o fornecedor do serviço e o tomador do serviço. O próprio SLA define a base de entendimento entre as duas partes para a prestação do serviço em si. O documento pode ser bastante complexo e às vezes apoiado por um contrato formal. Geralmente, um SLA contém cláusulas que definem um nível de serviço especificado, opções de suporte, recompensas de incentivo para os níveis de serviço ultrapassados e/ou penalidades previstas para os serviços não prestados.
Software como serviço (SaaS)
Provisionamento de software e aplicações através da internet pública, ou redes privadas, de modo compartilhado. Aplicações SaaS normalmente fornecem funcionalidade equivalente a aplicações dedicadas adquiridas de uma única vez. No entanto, são fornecidas e usadas ​com contratos de serviço ou assinaturas mensais. Alguns componentes podem ser estabelecidos para a operação local.
SQL
Abreviatura de Standard Query Language. Protocolo padrão utilizado para solicitar informações de bancos de dados. Servidores que podem gerenciar SQL são conhecidos como servidores SQL.
SSL
Abreviatura de Secure Sockets Layer, protocolo desenvolvido pela Netscape para gerenciar e proteger informações confidenciais/sigilosas necessárias para transações de comércio eletrônico (como números de cartão de crédito). Os endereços SSL geralmente começam com "https".
VPN
Abreviatura de Virtual Private Network, rede de comunicações privada normalmente utilizada dentro de uma empresa, ou por várias empresas diferentes, para a comunicação por rede pública.
Hospedagem na web
A hospedagem web é um serviço que permite aos usuários publicar páginas da web na internet. Um host web, ou provedor de serviço de hospedagem (HSP), é uma empresa que fornece tecnologias e serviços necessários para a exibição de sites na web.
XML
Abreviatura de Extensible Markup Language. XML é uma linguagem que permite aos desenvolvedores criar seus próprios tags de marcação. Todas as tags XML são definidas pelo programador e podem ser interpretadas de maneira diferente em aplicações diversas. Por exemplo, a tag "" em HTML significa itálico, mas pode ser outra coisa em XML, dependendo da função que o desenvolvedor lhe atribui.


Glossário fornecido pela theWhir.com.


Dirigido por Racker
©2014 Rackspace, US Inc.